Compartilhamentos

JAIR ZEMBERG –

Uma antiga rivalidade por motivos fúteis terminou em tragédia na madrugada desta sexta-feira, 4, no Bairro Universidade, na Zona Sul de Macapá. Um professor de dança de 24 anos foi assassinado a facadas. Segundo a Polícia Militar, o agressor e a vítima já haviam brigado antes e eram desafetos.

Professor de dança foi morto com 3 facadas. Fotos: Jair Zemberg

Professor de dança foi morto com 3 facadas. Fotos: Jair Zemberg

Rafael Nunes Cardoso, de 24 anos, e o irmão dele, Aderlan Nunes, de 22 anos, foram presos em casa logo após o crime por uma guarnição do 1º Batalhão da Polícia Militar. Eles confessaram o assassinato.

Por volta das 3h, Rafael e o irmão encontraram com o professor de dança Jeferson Carlos Araújo Vaz, de 24 anos, na Avenida Amadeu Gama e houve uma discussão. Testemunhas disseram para a polícia que havia uma disputa entre eles por popularidade no bairro. De acordo com a PM, os dois são homossexuais e já tinham se agredido fisicamente diversas vezes.

Desta vez, Jeferson levou a pior. Ele foi esfaqueado três vezes. Dois golpes atingiram o peito e outro a perna. Um rapaz de 23 anos que estava com ele também foi esfaqueado e está internado em estado grave no Hospital de Emergência.

Compartilhamentos