Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA – 

A Polícia Militar divulgou na manhã desta quarta-feira, 30, o esquema especial de segurança para a virada de ano. Apesar de não haver a queima de fogos na orla de Macapá, o policiamento deste ano contará com mais de 400 PMs. O principal foco é garantir o policiamento ostensivo. Mas a atenção especial será na rodovia JK, que será acesso a três festas de Réveillon. Ao todo serão seis grandes eventos na cidade.

São 393 policiais militares, bombeiros militares e guardas municipais, além do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE), agentes do Samu e do Detran que estarão trabalhando para garantir a segurança da população. A grande novidade é a fiscalização na rodovia JK que será mais intensa do que nos anos anteriores. Os policiais do BPRE farão blitz ao longo da rodovia para tirar de circulação os motoristas que gostam de dirigir sob efeito de álcool.

Capitão Pedro Davi: o policiamento vai ser pulverizado em toda a cidade

Capitão Pedro Davi: o policiamento vai ser pulverizado em toda a cidade

“Nossa demanda de serviço vai ser pulverizada. Nós estimamos que mesmo sem a queima de fogos, muitas famílias irão para a orla para assistir aos shows que vão acontecer por lá. Por isso teremos policiamento normal naquela área. Vamos dar atenção nesses eventos da Zona Sul fortalecendo o policiamento ostensivo”, explicou o diretor adjunto de Comunicação da PM, capitão Pedro Davi.

O policiamento contará com as câmeras de monitoramento. São 30 equipamentos instalados em pontos estratégicos da cidade. As câmeras serão monitoradas por militares de dentro de um ônibus. Se caso houver suspeita de crime, uma equipe será deslocada.

Como terão vários eventos, a Companhia de Trânsito de Macapá (CTMac) informou que no dia 31,  100% da frota será operante até às 2h do dia 1º de janeiro. Já no primeiro dia do ano novo, os ônibus circularam com o correspondente a 70% do total e cobrança de tarifa social.

Compartilhamentos