Compartilhamentos

DA REDAÇÃO –

Um motorista foi preso no início da manhã desta segunda-feira, 14, depois de causar um grave acidente que deixou uma pessoa morta na Rodovia AP-440 (Ramal do 9). Ele estava embriagado e acabou colidindo com um motociclista que morreu no local do acidente.

O acidente ocorreu por volta das 7h. “A picape trafegava no sentido Santana/BR-210 e, segundo testemunhas, vinha fazendo zigue-zague na pista e acabou atingindo o motociclista que trafegava no sentido contrário”, relatou o tenente Alves Neto, do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), que atendeu a ocorrência.

A vítima estava indo trabalhar. Fotos cedidas pelo BPRE

A vítima estava indo trabalhar. Foto cedidas pelo BPRE

José Miranda da Costa, de 51 anos, que não é habilitado,  apresentava visíveis sinais de que estava alcoolizado. Ele foi submetido ao teste do bafômetro que constatou 0,87 miligramas, considerado altíssimo nível de embriaguez. “Eu estava em Santana bebendo”, confessou ele aos policiais.

Alicanor estava indo para o trabalho quando foi atingindo pela picape. Fotos: Olho de Boto

Alicanor estava indo para o trabalho quando foi atingindo pela picape. Fotos: Olho de Boto

Até 0,33 miligramas, o Código Brasileiro de Trânsito considera infração administrativa, sujeito à multa, retenção do veículo e suspensão da carteira de habilitação. Acima disso, a condução é considerada embriaguez ao volante, o que resulta em prisão e cassação da CNH, documento que o motorista não possui.

José Miranda foi preso em flagrante. Ele ainda tentou fugir do local do acidente, mas foi interceptado por outros motoristas que viram o acidente.

Alicanor Pantoja dos Santos, 33 anos, era funcionário de uma panificadora em Santana, e estava indo trabalhar quando foi atingido. Parentes estiveram no local do acidente bastante emocionados.  

Compartilhamentos