Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Não é só a população de Oiapoque, há 590 quilômetros de Macapá, que sofre com o desabastecimento dos caixas eletrônicos. Na capital do Amapá, o segundo maior banco em volume de correntistas e terminais de atendimento há pelo menos 2 dias. Até o fim da manhã deste sábado, 2, a situação permanecia a mesma.

 

O Bradesco possui 4 agências em Macapá e cerca de 40 caixas eletrônicos. A falta de manutenção não fez sumir só o dinheiro. Quem pretendia fazer outras operações como depósitos, por exemplo, não conseguiu.

Nem depósito os correntistas conseguiam fazer

Nem depósito os correntistas conseguiam fazer

No extremo norte do Amapá, em Oiapoque, a Caixa Econômica, principal banco da cidade com cerca de 40 mil habitantes, também deixou a população na mão. Os caixas estão sem dinheiro desde o dia 31.

Vale lembrar que todos os bancos ficaram fechados no dia 31 em função do tradicional balanço anual.

Compartilhamentos