Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A Associação de Atingidos por Barragens (Atinba) divulgou um novo vídeo neste sábado, 30, que mostra mais peixes mortos no Rio Araguari. Além dos peixes pequenos, espécies cada vez maiores estão aparecendo.

As imagens gravadas pelo presidente da associação, Moroni Guimarães, mostram até o famoso curupeté, peixe parecido com o tambaqui e que é muito pescado e consumido na região. O peixe e outros de vários tamanhos estão boiando. O curupeté está com os olhos saltados para fora quando é retirado da água para a voadeira. Outra estrela do Araguari, o tucunaré, também está morrendo.

Enquanto isso, a Delegacia de Meio Ambiente da Polícia Civil do Amapá, continua investigando o caso. Ao longo da semana, vários moradores da comunidade de Caldeirão, próxima da hidrelétrica, foram ouvidos em depoimento.

Na semana que vem, serão intimados funcionários do Instituto de Meio Ambiente do Amapá (Imap), Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e funcionários da Cachoeira Caldeirão.

“Já mandamos amostras coletadas para exame na Polícia Técnica”, comentou o delegado Sávio Pinto, da Dema.

Compartilhamentos