Compartilhamentos

SELES NAFES

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Armando Monteiro, aceitou convite do senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) para abrir um seminário que discutirá a Zona Franca Verde de Macapá e Santana, no dia 3 de março, no Amapá.

Na oportunidade, o ministro deverá receber da prefeitura de Macapá o termo de cessão das terras onde será instalada a nova sede da Suframa, órgão responsável pelo gerenciamento das áreas de livre comércio e zonas francas criadas na Amazônia. Atualmente, a Suframa funciona em um pequeno imóvel na Avenida FAB, no Centro de Macapá.

Representantes da Suframa e do Amapá em reunião no último dia 19. Foto: Arquivo

Representantes da Suframa e do Amapá em reunião no último dia 19. Foto: Arquivo

“O ministro Armando sempre foi um aliado de primeira hora. Eu o procurei em agosto para tratar da Zona Franca, que ainda estava engavetada, e 30 dias ele nos apresentou a minuta do decreto que em dezembro regulamentou a Zona Franca Verde”, lembrou Randolfe Rodrigues.

A presidente da Suframa, Rebecca Garcia, também deverá vir de Manaus para acompanhar o ministro no seminário. Ela também vai conhecer as terras que estão sendo oferecidas pela prefeitura de Macapá, às margens da BR-210, próximo do aterro controlado. Serão cerca de 20 mil metros quadrados para a instalação do órgão.

É o mesmo local onde a prefeitura estuda a possibilidade também de criar um distrito industrial municipal, com terras e incentivos para a instalação das indústrias da Zona Franca. O trabalho de zoneamento da área já está sendo feito.

O processo depois da regulamentação da Zona Franca em dezembro tem sido dinâmico. Há duas semanas, representantes do governo do Amapá e o senador Randolfe discutiram em Manaus os critérios de predominância de matéria-prima regional nos produtos que serão fabricados com isenção de IPI e outras vantagens. 

Compartilhamentos