Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um detento estaria por trás das drogas apreendidas com duas mulheres presas no fim da tarde desta segunda-feira, 11, na Zona Norte de Macapá. A informação foi dada por elas durante interrogatório na Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE).

A equipe de investigação, comandada pelo delegado Ronaldo Coelho, recebeu a informação de que uma mulher havia recebido drogas na antiga Vila do Mucajá, no Bairro Santa Inês, e que ela morava no Bairro Novo Horizonte. A fonte também forneceu o nome da rua.

Daniele carregava 19 porções grandes de crack. Fotos: Olho de Boto

Daniele carregava 19 porções grandes de crack. Fotos: Olho de Boto

Os agentes foram até a rua informada, e depois de alguns instantes depararam com a suspeita acompanhada de outra mulher caminhando.

Daniele Reis da Silva, de 27 anos, estava com uma bolsa e logo confessou que carregava as drogas, ao todo 19 porções de crack. Ao lado dela estava Jéssica de Souza Santos, de 23 anos (na foto segurando a criança). Ela também foi presa em flagrante.

Segundo a polícia, Jéssica disse saber que a amiga estava transportando as drogas. Daniele, que já tem passagem pela polícia por receptação de produtos roubados, também disse que Jéssica estava participando do esquema. As duas confessaram que receberam a droga de outra mulher que cumpria a ordem de um detento do Iapen que já foi identificado.

A criança, que apenas dormia na delegacia (felizmente alheia a tudo) foi entregue a uma tia de Jéssica que compareceu à DTE. As duas serão encaminhadas ao Iapen para aguardar a audiência de custódia. 

Compartilhamentos