Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O prefeito de Macapá, Clécio Luiz (sem partido), assinou decreto transferindo a folga dos servidores municipais do dia 4 de fevereiro, aniversário da capital, para o dia 5, uma sexta-feira. Segundo o prefeito, foi a única maneira de impedir que a prefeitura paralisasse por um longo período por causa do aniversário da cidade e do feriadão de Carnaval.

Os 258 anos de Macapá serão comemorados na próxima quinta-feira, 4. Havia a possibilidade de a maioria dos servidores enforcar o trabalho na sexta-feira para aproveitar o feriado de Carnaval que se inicia na semana seguinte, dia 8.

Decreto não mexe no feriado, mas transfere a folga dos servidores. Foto: reprodução

Decreto não mexe no feriado, mas transfere a folga dos servidores. Foto: reprodução

Com a junção dos dois feriados, até a Quarta-Feira de Cinzas seriam 7 dias de folga ininterruptos. Com o decreto, o super-feriado ainda terá 6 dias seguidos de folga.

“O decreto foi a forma encontrada para que a prefeitura não parasse por tanto tempo, já que muitos estavam planejando enforcar a sexta-feira. Não podemos penalizar quem mais precisa dos serviços da prefeitura”, explicou.

Como o decreto transfere apenas a folga, a programação festiva no dia 4, na Praça da Bandeira, permanecerá normalmente. A única diferença é que os servidores terão expediente normal no dia do aniversário de Macapá.

Compartilhamentos