Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Cerca de 160 policiais amapaenses estão passando pelo Teste de Aptidão Física (TAF) preparatório para o serviço ordinário nas Olimpíadas Rio 2016, programada para agosto deste ano na capital carioca. O TAF é requisito obrigatório para os policiais ingressarem na Força de Segurança Nacional. O teste tem um grau elevado de preparação.

Segundo a Diretoria de Ensino e Instrução da PM, a preparação inclui exame médico completo, corrida de longa distância, agilidade nas atividades, flutuação na água por 12 minutos (sendo que os policiais estarão completamente vestidos e com coturno), natação, abdominal e flexão.

Coronel Ludfrankson Brasil: o treinamento será intenso e vai durar uma semana

Coronel Ludfrankson Brasil: o treinamento será intenso e vai durar uma semana. Fotos: Cássia Lima

“Esse treinamento é preparatório para o ingresso na Força Nacional, mas é voltado especialmente para as Olimpíadas do Rio de Janeiro. O serviço será ordinário, mas em caso de qualquer mudança na programação os policiais devem estar preparados”, ressaltou o coronel Ludfrankson Brasil, diretor de Ensino e Instrução da PM.

Ao todo serão 160 homens e mulheres que serão escalados para ajudar a garantir a segurança dos mais de 10 mil atletas. Serão 70 policiais militares, 40 bombeiros militares, 20 policiais civis e mais 30 agentes da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

O grau de treinamento é alto, principalmente no que diz respeito a força

O teste tem um grau elevado de preparação

“O que mais exige é a preparação física, especialmente resistência e força. Alguns policiais foram selecionados e outros foram voluntários. Será uma semana de intensa atividade e treinamento para que nossos agentes estejam prontos para encarar os 16 dias de Olimpíadas”, enfatizou o coronel.

Os policiais embarcarão com a comitiva amapaense no mês de julho para o Rio de Janeiro.

Compartilhamentos