Compartilhamentos

O drama vivido pelo intérprete da Universidade do Samba Boêmios do Laguinho, Agnaldo Santos, o Macunaíma, de 40, mobilizou a comunidade carnavalesca não apenas do Laguinho. Um dos eventos programados para arrecadar dinheiro para o tratamento do artista inclui um encontro de baterias das escolas de samba.

Esta semana, Macunaíma foi diagnosticado com câncer no esôfago. A doença está no nível 3, que é considerado grave, mas com chances de cura

“A rede de solidariedade foi muito importante, porque juntou todo mundo em 48 horas. Macunaíma tem muitos amigos e isso agilizou sua saída de Macapá. Vimos com emoção todos chegando com muito boa vontade, querendo doar um pouco, desde alimentos para a família até carinho e força. Ele deixou de ser intérprete de Boêmios e se tornou um cidadão de todas as vertentes culturais. Isso é muito emocionante, ver as escolas de samba, grupos de pagode, cantores da MPA, todos unidos em favor do Macunaíma”, avaliou Jocildo Lemos, presidente da Universidade de Samba.

Macunaíma já está em Fortaleza onde faz radioterapia. Foto: Fernando Canto

Macunaíma já está em Fortaleza onde faz radioterapia. Foto: Fernando Canto

Na última quarta-feira, 6,  uma reunião entre artistas, carnavalescos, comunidade, amigos e familiares definiu a programação unificada de eventos.

“Muita gente estava organizando promoções, mas montamos esta central de organização para evitar a coincidência de dias e horário. Esta central também ajuda na divulgação das ações e a viralizar nas redes sociais. É a Corrente de Amor para ajudar Macunaíma”.

A ajuda foi rápida. O intérprete conseguiu uma vaga em Fortaleza (CE) para onde seguiu nesta quinta-feira, 7, para fazer a primeira sessão de radioterapia. A esposa, Cristina Vilhena, está acompanhando o músico.

A programação começa no domingo no Theatro do Samba a partir do meio-dia, com venda de comidas, apresentação de grupos de marabaixo e escolas de samba, e shows artísticos. Durante os intervalos serão sorteados prêmios. Nos próximos fins de semana as promoções continuam em vários cantos da capital.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

10 de janeiro

10h – abertura do Theatro do Samba

12h – Venda de comida e bebida

De 14h às 16h – apresentação de grupos tradicionais de batuque e marabaixo

De 16h às 19h – Show de cantores da MPA

A partir de 19h – Show de samba e pagode, apresentação de escolas de samba.

Ingresso: R$ 10,00

Atrações confirmadas:

Paulinho Bastos, Taronga, Maiara Braga, Alan Gomes, Tom Campos, Patrícia Bastos, Enrico Di Miceli, Banda Negro de Nós, Nonato Santos, Brenda Melo, Oneide Bastos, Afro Brasil, José Maria Cruz, Fabinho, Cleverson Baia, Nena Silva, Adelson Preto, Pezão, Clay Sam, São Batuques, Poetas Azuis, grupos de marabaixa da Favela, da Juventude, e do Laguinho, grupo Raízes do Bolão, Cia de Dança Afro Baraká, e grupo de toada Estrela do Norte. 

Compartilhamentos