Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um assaltante que a polícia diz ser especializado em roubo de motos foi linchado por populares no início da tarde desta quarta-feira, 27, no Bairro Zerão, na Zona Sul de Macapá. A moto roubada que ele conduzia tinha um sistema de segurança que desligou o motor do veículo e ele foi alcançado pelas vítimas.

Thiellyson deu o nome falso de Renen. Fotos: Olho de Boto

Thiellyson deu o nome falso de Renen. Fotos: Olho de Boto

O criminoso deu o nome falso de Renen Oliveira Pessoa da Cruz, mas depois foi identificado como Thiellyson Jeferson Silva da Costa, de 21 anos, o “Mascote”. Ele tinha roubado a primeira moto no Bairro do Muca. De acordo com a PM, ele agia com a ajuda de um comparsa.

A PM diz que Mascote finge ser passageiro, apanha mototáxis clandestinas ou legalizadas, e quando chega ao falso destino quem já está esperando de arma em punho é o comparsa.

Arma usada no crime

Arma usada no crime, uma pistola Ponto 40

Foi assim que eles agiram nesta quarta-feira, no Bairro do Muca. Os dois roubaram a moto e agrediram a vítima. Mas eles não sabiam que a moto tinha um sistema antifurto que disparou um alarme e desligou o motor já no Bairro Zerão, atrás da Escola Estadual Antônio Messias.

Foi então que eles decidiram roubar outra moto. O proprietário reagiu e foi alvejado com um tiro em um dos pés. Nesse momento apareceram outros motociclistas e populares que cercaram o criminoso, tiraram a arma dele e começaram as agressões que só cessaram com a chegada de uma viatura do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) que passava pelo local. O comparsa conseguiu fugir.

Uma das vítima do assaltante bastante machucada

Proprietário da moto reagiu e na luta corporal levou um tiro no pé

policia moto 6

Uma das vítima do assaltante bastante machucada

Um vídeo mostra quando Mascote é socorrido por algumas pessoas e colocado dentro do porta-malas de um carro para ser levado ao Hospital de Emergência (HE). 

Mascote foi atendido no HE e depois levado para o Ciosp do Pacoval onde já esperavam cinco vítimas dele que o reconheceram. As vítimas estavam machucadas pela ação violenta dos assaltos.  

Compartilhamentos