Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

O assalto ocorreu na 16ª Avenida dos Congós; criminosos agrediram a vítima mesmo depois de entregar o celular

Um homem acusado de assaltos morreu numa troca de tiros com o Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) na madrugada desta segunda-feira. 15, no Bairro dos Congós, Zona Sul de Macapá.

O confronto ocorreu na passarela da 16ª Avenida dos Congós por volta das 2h da manhã. A vítima voltava de uma festa, e ao passar pela passarela para chegar em casa foi abordada por dois  criminosos com uma arma de fogo.

Um dos bandidos anunciou o assalto. A vítima tinha apenas o celular, e depois que entregou o aparelho levou uma coronhada na cabeça.

“Ele (Leandro) é conhecido lá. Eles queriam o celular. Eu disse que era da minha mãe, aí ele me deu uma coronhada e eu caí pro lado. Veio o segundo criminoso com uma faca e tentou ferir, mas eu agarrei ele e a gente lutou. O primeiro assaltante ainda tentou atirar, mas acho que a arma dele falhou, por isso eu estou aqui, vivo”, relatou a vítima já no Ciosp do Pacoval.

policia 2

Arma usada pelos criminosos: tiro falhou. Fotos: Olho de Boto

Os bandidos ainda tentaram atirar, mas a arma falhou e a vítima conseguiu correr e pedir ajuda do cunhado que acionou o 190. Quando uma equipe do BRPM chegou à área de pontes, os policiais disseram que foram recebidos com tiros.

No tiroteio, um dos criminosos, identificado como Leandro Morais dos Santos de 22 anos, foi ferido. De imediato ele foi conduzido para o  Hospital de Emergência de Macapá, mas não resistiu aos ferimentos.
O comparsa de Leandro conseguiu fugir, mas já foi identificado pela polícia. Trata-se de um fugitivo do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), onde ele cumpria pena por roubo e furto. Leandro também tinha passagens pelos mesmos crimes.
Segundo o BRPM, a dupla é bastante conhecida pela prática de roubos a comerciantes de açaí.

Compartilhamentos