Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um homem foi morto a facadas no conjunto Macapaba, na Zona Norte de Macapá, no fim da tarde desta sexta-feira, 26. Segundo a Polícia Militar, a confusão começou com uma discussão por causa de entorpecentes.

O crime ocorreu por volta das 17h30min após uma briga que começou em um dos apartamentos do Bloco 7. Testemunhas relataram à polícia que Artur Rodrigues Viana, de 34 anos, tinha dado dinheiro a um menor para que este comprasse drogas. Quando foi cobrar pela mercadoria, houve bate-boca e luta corporal que terminou do lado de fora do prédio.

Vítima foi identificado como Artur Rodrigues Viana, de 34 anos. Fotos: Olho de Boto

Vítima foi identificado como Artur Rodrigues Viana, de 34 anos. Fotos: Olho de Boto

“Um dos golpes ocorreu em um braço, um ferimento defesa, e outro mais grave ocorreu na região mamária esquerda, onde fica o coração. Essa região do tórax tem muitos vasos e órgãos vitais como coração e pulmões, por isso ela é protegida pelos ossos. Qualquer ferimento ali de arma branca mata a pessoa rapidamente por perda de líquido”, informou o perito Odair Monteiro, da Polícia Técnica do Amapá (Politec).  

O agressor foi identificado e é um menor de idade foragido do Centro Socioeducativo de Internação Masculina (Cesein). Ele conseguiu fugir, mas a PM espera capturá-lo nas próximas horas. Ele está escondido dentro do conjunto.

Uma das facadas atingiu o tórax perto do coração

Uma das facadas atingiu o tórax perto do coração

“O menor pertence a uma família desestruturada e ele vive mudando de endereço sempre que comete algum crime”, relatou o oficial.

Dentro do conjunto existe uma Unidade de Policiamento Comunitário (UPC) do Macapaba, mas os moradores dizem que o policiamento não é eficiente.

 “O comandante do batalhão já tinha determinado que o policiamento fosse intensificado. Mas essa é uma situação que foge do nosso controle porque a confusão começou dentro dos apartamentos”, comentou o tenente Carlos Adauto, do 2º Batalhão da Polícia Militar.

Compartilhamentos