Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

A Zona Franca Verde foi novamente pauta de uma reunião no Palácio do Setentrião na tarde desta quinta-feira, 11. O evento foi sugerido pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede) e contou a participação do governador Waldez Góes (PDT), dos prefeitos de Macapá, Clécio Luís (sem partido); e de Santana, Robson Rocha (PR); e da chefe da Suframa no Amapá, Tânia Barroso. Um dos pontos da reunião foi o nivelamento de discursos e informações que vão servir de base na hora da aprovação da resolução que regulamenta a criação da ZFV.

“Precisamos nivelar as propostas e termos os mesmos discursos para que o Amapá avance no cenário da Zona Franca Verde”, disse o governador Waldez Góes. A reunião serviu também para definir o local onde será construída a sede da Superintendência da ZFV, e a criação de um portfólio direcionado para os investidores.

O prefeito Clécio Luís participou da reunião no Palácio. Fotos: André Silva

O prefeito Clécio Luís participou da reunião no Palácio. Fotos: André Silva

A Zona Franca Verde do Amapá já é uma realidade pelo decreto de Lei nº 6. 604, de 18 de dezembro de 2015. A regulamentação acontece no dia 26 de fevereiro através de uma resolução do Conselho da Suframa que se reúne em Manaus. A partir desta data já estará disponível o cadastro para as indústrias que desejem se instalar no Estado para produzir produtos de origem  natural como, sabonetes de andiroba, produtos derivados do açaí, etc.

No dia 19 de janeiro uma comitiva do  Amapá esteve em missão na Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) para obter conhecimentos quanto a instalação de empresas a partir da ZFV. O vice governador Papaléo Paes foi quem liderou a comitiva, composta por políticos e secretários de Estado.

Na reunião da tarde hoje foi elaborada uma agenda com exigências do Estado para serem apresentadas ao  ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, que estará no Amapá no dia 3 de março. Essas exigências têm a ver com a instalação efetiva da ZFV. O ministro virá receber um titulo de cidadão amapaense e vai participar de um workshop preparado para possíveis investidores da Zona Franca Verde.

Tânia Barroso, chefe da Suframa no Amapá participou da reunião

Tânia Barroso, chefe da Suframa no Amapá participou da reunião

Localização

A chefe da Suframa no Amapá, Tânia Barroso, falou sobre o local onde será construída a Superintendência da Zona Franca Verde. Segundo ela, será em Santana, no Distrito Industrial. A área terá capacidade para abrigar até 300 carretas.

“Estamos satisfeitos porque em Manaus, na semana passada, estava circulando nos jornais locais que o Amapá, pela sua posição geográfica, iria atrair uma gama de indústrias para dentro da ZFV”, informou a chefe.

O senador Randolfe Rodrigues falou da importância da instalação da ZFV e quanto o Amapá se beneficiará dela.

“Nós organizamos uma ação que dê celeridade ao processo de implantação que já está em andamento. Acredito que ainda este ano a ZFV estará em pleno funcionamento e o Amapá poderá colher os frutos desse trabalho”, disse o senador.

Compartilhamentos