Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

As equipes da prefeitura de Macapá já retiraram de dentro dos canais que cortam a capital mais de 6 mil toneladas de lixo e entulho, material que obstruía a passagem da água da chuva e podia causar alagamentos em vários bairros quando as chuvas começarem a ficar mais intensas. O resultado do trabalho revela o quanto o macapaense ainda é descuidado com a própria cidade onde mora.

O trabalho se concentra nos canais da Mendonça Júnior (já concluso), Nova Esperança, Jesus de Nazaré e Perpétuo Socorro. As equipes mobilizam 80 funcionários  das secretarias de Manutenção Urbanística (Semur) e de Obras (Semob).

Também está sendo feito o trabalho de desobstrução de galerias. Fotos: Aline Brito

Também está sendo feito o trabalho de desobstrução de galerias. Fotos: Aline Brito

A maior parte do lixo e entulho foi retirada da Mendonça Júnior, cerca de 3,8 mil, onde também foi feita a dragagem. No Nova Esperança, onde os trabalhos ainda acontecem, já foram recolhidas cerca de 800 toneladas.

“A prefeitura trabalha intensamente para manter a drenagem e vazão natural dos canais de escoamento da cidade. Mas um dos grandes problemas é o acúmulo de lixo provocado por algumas pessoas. A população precisa fazer a parte dela, não jogando lixo e entulho às margens dos canais e nem dentro deles”, orienta o secretário de Manutenção Urbanística, Manuel Bacellar.

Compartilhamentos