Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Pela primeira vez alguém foi preso no bloco A Banda por estar fantasiado. Não era uma fantasia qualquer. O “folião” decidiu se vestir de “palhaço assassino”, símbolo dos matadores de policiais muito utilizado também por outros criminosos, inclusive em tatuagens. 

Marcos Teixeira Cavalcante, de 24 anos, é morador da Ponte do Axé, no Bairro Jesus de Nazaré, área de pontes famosa pelo tráfico de drogas. Marcos, que também usava uma arma colorida de brinquedo e uma camiseta com a frase “mata polícia”, foi preso por apologia ao crime. 

Ele foi detido por uma equipe do 1º Batalhão da Polícia Militar quando a Banda passava pelo Centro Comercial. Policiais avistaram o acusado a partir de plataformas montadas ao longo do percurso.

Marcos foi apresentado no Ciosp do Pacoval. A PM não informou se ele já tem passagem pela polícia.

Compartilhamentos