Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Profissionais de saúde do Estado estão sendo treinados para atuar no resgate aéreo. Eles começaram a ser treinados por equipes do Grupo Tático Aéreo (GTA). As aulas começaram nesta segunda-feira, 15, na Academia Integrada de Formação e Aperfeiçoamento (Aifa), na Zona Oeste de Macapá.

Ao todo são 43 profissionais da Polícia Militar do Amapá, Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), entre médicos e pessoal de enfermagem. Eles estão recebendo informações sobre o helicóptero, regulamentação aérea, meteorologia e outras instruções.

Médicos e profissionais de enfermagem da PM, Samu e Corpo de Bombeiros fazem parte da turma. Fotos: Divulgação

Médicos e profissionais de enfermagem da PM, Samu e Corpo de Bombeiros fazem parte da turma. Fotos: Divulgação

Serão 10 dias de aulas teóricas e práticas que começarão no dia 24 com instruções de embarque e desembarque de pacientes equipamentos. Os alunos também passarão por treinos físicos em água e rapel.

“Algumas operações de transporte aeromédico exigem a presença de um profissional de saúde mais especializado, como um médico, por exemplo. Essa é a importância deste treinamento, porque vamos aprender procedimentos aéreos para o transporte de pacientes”, comentou o médico Edmilson Ribeiro.

“Todas as etapas do curso são eliminatórias. Trabalhar com aviação não tem margem para erros. Por isto, os participantes terão que se dedicar bastante”, comentou o comandante Rubem Júnior.

Compartilhamentos