Compartilhamentos

SELES NAFES

Os jogos que encantaram a infância de quem hoje já passou dos 30 ou até dos 40 anos ficaram no passado para a maioria dos adultos, mas não para um grupo de amigos do município de Santana. Eles resolveram trazer para os dias atuais, e compartilhar com a nova geração, a magia dos primeiros videogames.  E há dois anos nasceu o Clube dos Games Retrô.

Odissey, de 1981. Fotos: Seles Nafes

Odissey, de 1981, na caixa original. Fotos: Seles Nafes

O clássico Atari e seus jogos

O clássico Atari e seus jogos

O clube foi criado por amigos que queriam resgatar momentos da infância e da adolescência. E porque não promover os reencontros jogando o velho Atari ou Super Nintendo? Hoje as reuniões, sempre nos fins de semana, foram apelidadas de “jogatinas”, e sempre ocorrem na residência de um membro diferente do clube.

Primeiros modelos da linha Game Boy

Primeiros modelos da linha Game Boy

 “Na sociedade que a gente vive hoje, onde tudo é só pela internet, tudo virtual, é muito bom a  gente conseguir reunir as pessoas e interagir”, avalia o auxiliar administrativo Fernando Nobre, 32 anos, um dos membros do clube.

Pistola para jogos de tiro. Década de 1990

Pistola para jogos de tiro. Década de 1990

Coleção tem mais de 50 consoles

Coleção tem mais de 50 consoles

“A cada fim de semana a gente escolhe um videogame e joga só nele”, explica o funcionário público Fabrício Holanda, de 31 anos, um dos fundadores do clube e dono de uma das peças mais raras da coleção, um Atari.

Coleção possui mais de 50 consoles, incluindo os primeiros portáteis

Coleção possui mais de 50 consoles, incluindo os primeiros portáteis

“O propósito era não só jogar, mas relembrar todos os bons momentos da nossa infância e toda nostalgia que está por trás disso, além dos valores como a amizade”, justifica Arthur Marques, de 27 anos, dono de um Vitual Boy e de parte dos consoles portáteis da coleção do clube.

Arthur e o Virtual Boy (vermelho no fundo)

Arthur e o Virtual Boy (vermelho no fundo)

Membros do clube. Da esq. para a dir.: Fernando, Fabrício, Vitor, Eliel e Arthur

Membros do clube. Da esq. para a dir.: Fernando, Fabrício, Vitor, Eliel e Arthur

Apesar da essência nostálgica da coleção, os consoles mais modernos não são esquecidos pelos membros do clube, como Xbox e o Play Station.

“Queremos mostrar esses videogames antigos pras pessoas que não tiveram oportunidade de jogar. E por mais que a gente goste dos retrô, sempre estamos nos atualizando com os mais modernos”, diz Eliel Batista da Silva Júnior, 23 anos, da geração Super Nintendo.

Jogos comprados pela internet. Alguns na caixa original

Jogos comprados pela internet ou trocados com outros colecionadores. Alguns na caixa original

Coleção

O acervo do clube tem mais de 50 consoles, entre portáteis e os de mesa. A maioria foi adquirida pela internet ou comprados e trocados com outros colecionadores.

Os preços na hora da negociação variam de acordo com os itens que acompanham o console. Por exemplo, se vier na caixa original, o preço pode aumentar em 50%. Se possuir o manual original de instruções o valor é ainda maior. Quanto maior a originalidade preservada, mais caro será o investimento.

Fabrício joga o Enduro, de 1984

Fabrício joga o Enduro, de 1984

Marvin (meu filho, rs) joja o Pac Man, de 1983

Marvin (meu filho, rs) joga o Pac Man, de 1983

Outra peça interessante da coleção é o Virtual Boy, que pertence a Arthur. O console em forma de binóculos foi lançado pela Nintendo em 1995 para projetar imagens do jogo em 3D. Não teve boa aceitação porque algumas pessoas se queixavam de tontura, mas funciona normalmente assim como todas as peças do acervo.

Famoso Sega

Famoso Sega

Vitor Hugo, professor de química, é dono de outra estrela da coleção, o Odissey, de 1981.  “É anterior ao Atari. No seu cartucho vem um código que precisamos digitar no teclado para acessar o jogo”, ensina ele. Hugo tem uma loja em Santana especializada em manutenção de consoles antigos, compra e troca (99186-2042).

????????????????????????????????????

Game Cube, da Nintendo, de 1997

????????????????????????????????????

Outro sucesso…

Campeão de vendas, o Super Nintendo

Campeão de vendas, o Super Nintendo

O Atari acompanha vários jogos, como o Enduro e Pac Man.

 “Meu tio tinha um, e eu tinha uns 9 anos quando jogava nele. Meu sonho era ter de novo esse console. Consegui num site e até que não foi caro”, comenta Fabrício Holanda.

O objetivo do clube agora é completar a coleção e organizar a primeira exposição do acervo. O local  e a data ainda não foram definidos. 

Compartilhamentos