Compartilhamentos

SELES NAFES

O vice-governador do Amapá, Papaléo Paes (PP), negou nesta segunda-feira, 15, que tenha comentado com deputados estaduais que queira dirigir a Secretaria de Saúde do Estado, conforme comentou uma fonte que participou de um encontro entre ele e um grupo de parlamentares no último dia 2.

Papaléo Paes, que é médico cardiologista, disse ter ficado surpreso com a notícia divulgada nesta segunda pelo Site SELESNAFES.COM.

“Em respeito à secretária Renilda, que julgo competente, eu nem entro no prédio da Secretaria de Saúde”, comentou por telefone o vice-governador.

A fonte informava que no dia 2, quando houve sessão solene de abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, Papaléo conversou com deputados sobre a saúde, e no encontro teria manifestado interesse de ser o secretário por achar que era preciso mudar a gestão da Sesa.

O vice-governador disse que não fez as críticas, apesar de concordar que a saúde pública ainda precisa avançar muito.

“Esse comentário de que eu quero ser secretário de Saúde com certeza partiu de quem tem interesse nesse assunto. Eu não tenho esse interesse”, assegurou.

Compartilhamentos