Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh) já identificaram 230 terrenos abandonados em Macapá e os proprietários estão sendo notificados. O objetivo é eliminar focos do mosquito aedes aegypti.

A maioria dos lotes está na área central da capital, em bairro como o Santa Rita, Trem, Laguinho e Pacoval. A ideia é entregar todas as notificações até o fim deste mês.

“Vamos avançar principalmente nesses terrenos baldios por conta da dificuldade que a Vigilância Sanitária tem para entrar”, avisou o secretário de Desenvolvimento Urbano,  Valdiney Amanajás.

As notificações que estão sendo entregues vão informar que os proprietários terão prazo de 15 dias para fazer a limpeza do local. Em caso de desobediência, será aplicada uma multa que começa no mínimo de R$ 1,5 mil, além de processo administrativo para retomada da posse do terreno.

Onde os donos não estão sendo encontrados, os fiscais estão colocando placas com a notificação. As equipes são compostas por servidores da Promotoria do Meio Ambiente do Ministério Público Estadual (MPE). A população pode ajudar denunciando pelo telefone 98802-8129.

Compartilhamentos