Compartilhe

HUMBERTO BAÍA, DE OIAPOQUE

A corrida pela sucessão na prefeitura de Oiapoque também começou. Os grupos políticos já começaram a se organizar, uns de forma tímida, mas outros nem tanto. Alguns, como o PSB, estão rachados. No PDT, também há disputa interna.

No PSB, um grupo dissidente quer apoiar a candidatura do vereador Artur do Areal, que já está no segundo mandato e tentou por duas vezes a presidência da casa, perdendo para a vereadora Maria Orlanda.  Artur não é o nome dos caciques do partido.

A família Capiberibe quer lançar Joacy Rabelo, e isso está dividindo a legenda em Oiapoque. Em diversas reuniões, o grupo já tentou mudar até o diretório para poder ter mais sustentação ao apoio de Artur do Areal.

“Quero disputar as eleições em 2016, mas eu gostaria da unidade do partido, não podemos ter um partido forte dividido”, disse Rabelo à  reportagem do Site SELESNAFES.COM. Vamos seguir em frente e vamos encontrar uma solução. Acredito na militância”, acrescentou.

Oficialmente, o atual prefeito de Oiapoque, Miguel Caetano de Almeida (PDT), ainda não decidiu se vai  disputar a reeleição,  mas ele ainda possui eleitorado fiel na cidade. Só que do partido do governador também existem outros pré-candidatos, como o professor Lúcio, marido da atual secretária de Povos Indígenas do Estado, Acremilda Maciel.

Outro nome potencial no PDT é o da atual secretária adjunta de Inclusão e Mobilização Social do Governo do Amapá, Patrícia Feitosa, que, recentemente, não conseguiu reeleger o irmão ao Conselho Tutelar do município.

Em outro grupo político também há movimentações. O empresário Enoque Galvão, que já disputou as eleições em 2012 para vereador pelo PT do B, partido da base aliada do governo estadual, concorre com a ex-vereadora Maria Orlanda, que está sem partido e atualmente morando em Macapá.

Maria Orlanda foi candidata à prefeita de Oiapoque em 2012 pelo PDT. Outros nomes também aparecem na corrida de forma mais discreta como Luiz Grott, ex-juiz da comarca de Oiapoque; Sidney Braga; proprietário da Rodeio Grill; e Marcelo Conselheiro.

Confira abaixo um pouco do currículo dos pré-candidatos que já estão pontuando em pesquisas internas:

De chapéu, Maria Orlanda

Maria Orlanda (de chapéu) já foi vereadora por 3 mandatos e duas vezes presidente da Câmara. Tem como principal característica a popularidade, e passou os últimos 4 anos em Macapá. É formada em filosofia.

 

Joacy Rabelo já foi vereador e presidente da Câmara; 2 vezes presidente da Associação Comercial e Industrial de Oiapoque. Foi na sua legislatura que foi criada a Lei Orgânica do Município.

Joacy Rabelo já foi vereador e presidente da Câmara; 2 vezes presidente da Associação Comercial e Industrial de Oiapoque. Foi na sua legislatura que foi criada a Lei Orgânica do Município.

Artur do Areal, vereador por 2 mandatos, e empresário.

Artur do Areal, vereador por 2 mandatos, e empresário

Miguel Caetano, atual prefeito. Fotos: Humberto Baía e arquivo pessoal

Miguel Caetano de Almeida, atual prefeito de Oiapoque, é empresário e ainda não decidiu se vai pra reeleição. Fotos: Humberto Baía e arquivo pessoal

Patrícia Feitosa é a atual secretária adjunta de Inclusão e Mobilização Social

Patrícia Feitosa é a atual secretária adjunta de Inclusão e Mobilização Social

Compartilhe