Compartilhamentos

Será lançado nesta quinta-feira, 4, o edital do processo seletivo para contratação de professores das escolas estaduais. Desta vez, a Secretaria de Educação do Amapá (Seed) decidiu abandonar o velho modelo de inscrições presenciais com entrega de currículos. Os candidatos terão que se inscrever pela internet depois do Carnaval.

Além de professores, serão contratados pedagogos, cuidadores e intérpretes em libras, além de fonoaudiólogos, psicólogos e assistentes sociais especializados em educação.

As inscrições serão feitas pelo http://www.processoseletivo.ap.gov.br. Todos serão enquadrados na modalidade “horista” em escolas de ensinos fundamental e médio. Os candidatos que se inscreveram poderão inserir informações sobre seus currículos, como especializações, pós-graduações, mestrado e outras qualificações que contam pontos que serão somados pelo próprio sistema criado pelo Prodap. Será essa somatória que vai definir os professores que serão contratados. 

Professores concursados chegaram a fazer manifestações pedindo a conratação. Fotos:: Cássia Lima

Professores concursados chegaram a fazer manifestações pedindo a contratação. Foto: Arquivo

Ainda não foi definido o número de vagas a serem ofertadas, mas a Seed já sabe que houve uma redução de 25% na necessidade em virtude do retorno à sala de aula de professores que estavam cedidos para outros órgãos e funções. A volta da regência de classe foi o principal motivo do retorno.

Outra decisão tomada pela Seed foi convidar o Ministério Público do Estado para acompanhar todo o processo de seleção. O primeiro resultado do processo deverá ser divulgado no dia 17. Depois haverá um prazo para recursos e até o dia 24 será divulgada a lista final.

No ano passado, as escolas tinham uma carência de aproximadamente 2 mil professores. Houve muita polêmica por causa dos professores concursados em 2012 que reivindicavam o direito de serem contratados. Houve acordo e mais de 230 foram chamados para assinar contrato.  

Compartilhamentos