Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Quatro homens arrombaram um caixa eletrônico do Banco Santander que fica dentro da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) na madrugada desta sexta-feira, 25. Eles renderam o vigilante e um funcionário da companhia que estavam no local, e usaram um carro da própria companhia para fugir carregando o cofre do caixa. Ainda não se sabe a quantia que foi levada.

Uma das vítima, o auxiliar operacional  Waldeci Maciel, de 46 anos, contou que foi rendido e amarrado. Segundo ele, o roubo aconteceu por volta das 2h. Waldeci ainda foi agredido por um dos criminosos que, acordo ele, se comunicava constantemente com alguém pelo telefone.

Bandidos entraram pelo forro. Fotos: André Silva

Bandidos entraram pelo forro. Fotos: André Silva

“Quando saí para verificar o tratamento de água por volta das  duas da manhã, fui rendido por quatro homens. Todos com o rosto coberto. Eles já tinham rendido o vigilante. Apontaram a arma para gente e nos mandaram deitar com o rosto para o chão. Ele diziam para nós não olharmos para eles e diziam que só queriam o dinheiro.  O telefone tocava muito, deu pra perceber que eles estavam se comunicando com alguém”, narrou o funcionário.

Bandidos viraram as câmeras para dificultar as filmagens

Bandidos viraram as câmeras para dificultar as filmagens

caixa eletronico 5

Outra câmera avariada

Os homens usaram um maçarico para cortar o caixa eletrônico e tirar um cofre de dentro. Além de terem arrombado salas e revirarem documentos, os assaltantes ainda viraram as câmeras do circuito de vigilância da companhia para dificultar a identificação.

Segundo o funcionário, os homens empurraram o cofre para fora e embarcaram no carro da empresa. O vigilante conseguiu se soltar primeiro e chamou socorro.

O funcionário desconfia que eles tenham entrado por um buraco no forro. A Polícia Técnica do Amapá (Politec) esteve local para fazer a perícia. O carro da Caesa foi encontrado no Bairro Jardim de Deus, no município de Santana.

Compartilhamentos