Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um carro destruiu parcialmente um escritório depois de bater em uma árvore no cruzamento da Rua Hildemar Maia com a Avenida Diógenes Silva, no Bairro do Buritizal, no início da manhã desta quinta-feira, 3. Segundo o Batalhão de Policiamento de Trânsito do Amapá (BPTran), o motorista avançou o sinal vermelho e depois do acidente continuou bebendo normalmente como se nada tivesse acontecido.

Carro destruiu parcialmente o escritório de uma empresa de refrigeração. Fotos: Olho de Boto

Carro destruiu parcialmente o escritório de uma empresa de refrigeração. Fotos: Olho de Boto

O acidente ocorreu por volta das 6h.

“Segundo testemunhas, ele avançou o sinal que estava vermelho pra ele na Diógenes Silva. Ele informou pra gente que foi desviar de um motociclista e se chocou na residência. Mas consta que ele tentou se evadir do local e populares o seguraram trazendo ele volta para cá”, comentou o tenente Marco Antônio, do BPTran.

Carro destruiu parcialmente o escritório de uma empresa de refrigeração. Fotos: Olho de Boto

Carro destruiu parcialmente o escritório de uma pequena empresa de refrigeração. Fotos: Olho de Boto

Como era muito cedo havia poucas pessoas na parada de ônibus que conseguiram desviar do carro desgovernado. Ninguém ficou ferido. De acordo com a PM, depois de ter sido dominado por populares e levado de volta ao carro, Aguinaldo Barbosa, de 39 anos, puxou a garrafa de vodka e continuou bebendo enquanto a polícia não chegava. Depois, durante a abordagem do BPTran, ele se recusou a fazer o teste do bafômetro.

Carro bateu numa árvore em uma parada de ônibus. Ninguém ferido

Carro bateu numa árvore em uma parada de ônibus. Ninguém ferido

A versão dele sobre a causa do acidente é bem diferente do que relataram testemunhas e a polícia.

“Deixei de matar um motoqueiro que avançou e eu desviei. Asfalto molhado e aconteceu isso. Acabei de comprar o carro. Vou ter que pagar”, disse ele com certa dificuldade para pronunciar as palavras.

Garrafa dentro do carro de Aguinaldo

Garrafa dentro do carro de Aguinaldo

Aguinaldo informou que comprou o carro recentemente e se comprometeu em pagar os prejuízos da empresa

Aguinaldo informou que comprou o carro recentemente e se comprometeu em pagar os prejuízos da empresa

Aguinaldo foi conduzido para Ciosp do Pacoval onde foi autuado por direção perigosa e embriaguez, já que apresentava visíveis sinais de que estava alcoolizado.

Compartilhamentos