Dono de bar é preso acusado de tentar matar cliente

Acusado fechou o bar e foi embora para casa depois do crime deixando a vítima ferida para trás
Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Uma bebedeira terminou em discussão e tentativa de homicídio no Bairro do Pacoval, Zona Norte de Macapá, na madrugada desta segunda-feira, 21. Segundo relato de testemunhas à Polícia Militar, a vítima bebia com o proprietário do bar, acusado do crime.

Ainda não se sabe por que a confusão começou. Adamor Gonçalves Moreira, de 60 anos, foi atingido por uma facada no abdômen e levado por uma viatura da Polícia Militar até o Hospital de Emergência (HE) onde chegou em estado grave e precisou passar por uma cirurgia. O crime ocorreu por volta das 4h30min.

Paulo Sérgio Cardoso, de 56 anos, dono do bar, foi preso a caminho de casa, na Rua Matogrosso esquina com a Avenida Amazonas, próximo do bar onde a confusão aconteceu.

Na delegacia, Paulo Sérgio Cardoso negou que tenha bebido. Fotos: Olho de Boto

Na delegacia, Paulo Sérgio Cardoso negou que tenha bebido. Fotos: Olho de Boto

“Ele negou o fato, mas uma testemunha viu e disse que ainda impediu que um segundo golpe fosse dado. Essa testemunha empurrou o agressor e salvou a vida da vítima”, informou o sargento Elias Júnior do 6º BPM. Os policiais aprenderam uma faca supostamente usada do crime.

No Ciosp do Pacoval o acusado continua negando o crime. Apesar de falar com muita dificuldade, ele inicialmente negou que tinha bebido. Depois admitiu que tinha misturado vinho com cerveja. Ele também afirmou que não conhecia a vítima.

Faca apreendida com ele

Faca apreendida com ele

“Eu não vi nada. Fechei o bar e fui embora. Depois os policiais foram atrás de mim e me prenderam. Eu não vi nada”,

Apesar de negar, Paulo Sérgio Cardoso foi preso em flagrante. Ele já tinha passagem pelo Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) por tráfico de drogas.

Deixe seu comentário
Compartilhamentos
Insira suas palavras de pesquisa e pressione Enter.