Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Um homem que estava sendo procurado por tentativa de homicídio foi capturado na manhã desta quarta-feira, 09, pela Polícia Civil (PC). Ele estava em uma borracharia no Bairro do Pacoval, na Zona Norte de Macapá.

Maiquilon Moraes do Espírito Santo, de 31 anos, confessou o crime e disse que foi agredido primeiro pela vítima.

Paulo Nery Costa Rosário, de 24 anos, foi esfaqueado no pescoço e recebeu uma paulada  na cabeça. O crime aconteceu no dia 25 de outubro do ano passado. Na época do crime, Paulo foi encaminhado ao Hospital de Emergência de Macapá, passou alguns dias internado, se recuperou e recebeu alta.

Segundo informações da PC,  Maiquilon já tinha uma rixa com Paulo. O acusado teria roubado um botijão de gás próximo à borracharia de Paulo que não teria concordado com a atitude de Maiquilon e o “entregou” à polícia. Na noite do crime os dois estariam bebendo juntos, e, de acordo com a polícia, o acusado teria consumido crack.

Na versão de Maiquilon, eles já estariam muito embriagados quando Paulo tocou no assunto do roubo. Foi quando a discussão começou.

Delegado Glemerson Arandes: verdadeiro motivo foi outro

Delegado Glemerson Arandes: verdadeiro motivo foi a raiva. Foto: André Silva

“Ele me deu uma paulada na cabeça e eu dei outra nele. Aí ele correu e caiu em cima da faca”, alegou o acusado.

“Inicialmente nós acreditávamos que o crime seria um roubo com tentava de homicídio, mas ele esclareceu para nós que já estaria com raiva da vítima, por que ele o teria entregue à polícia logo depois de ter roubado um botijão de gás”, explicou o delegado Glemesson Arandes, da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DECCP). A delegacia investigou o caso porque depois da agressão o acusado teria roubado objetos da vítima.

Ele prestou depoimento no Ciosp do Pacoval pela manhã e foi encaminhado para o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

Compartilhamentos