Compartilhamentos

 

DA REDAÇÃO

Populares conseguiram deter dois rapazes acusados de assaltar uma mulher que caminhava por uma rua no Bairro Nova Brasília no fim da noite desta quarta-feira 23. Um deles é estudante, mora com os avós e disse que precisava de dinheiro.

Joabe dos Santos Monteiro e Samuel Ferreira da Silva, ambos de 18 anos, estavam em uma bicicleta e usavam um facão.

Por volta das 23h30min, no cruzamento da Rua Ubaldo Figueira com a Avenida Brasília, eles viram a mulher caminhando sozinha e decidiram agir. Só não esperavam que populares que também estavam vendo a ação decidissem fazer a mesma coisa.

Depois de ameaçar a vítima com um facão eles roubaram o celular e iniciaram a fuga de bicicleta, mas rapidamente eles foram alcançados por quatro homens e logo outras pessoas se juntaram ao grupo.

Alguns queriam espancar os acusados, mas uma equipe da Companhia Especializada em Rádio Patrulhamento Motorizado (CERPM) logo apareceu e levou os dois para a Unidade de Policiamento Comunitário (UPC) do Igarapé da Fortaleza onde funciona a 1ª DP de Santana.

“Fomos acionados e quando chegamos ao local os dois já estavam detidos. A vítima apareceu e reconheceu os infratores. Com eles nós encontramos a faca e o celular”, contou o sargento Erinaldo, do 4º BPM.

Facão e o celular da vítima. Fotos cedidas pela PM

Facão e o celular da vítima. Fotos cedidas pela PM

Bicicleta usada pela dupla

Bicicleta usada pela dupla

Os dois foram apresentados na UPC por roubo. Joabe Monteiro (camiseta salmão clara) estava usando duas bermudas e duas camisetas. Ele confessou que depois do roubo pretendia mudar de roupa para dificultar um possível reconhecimento.

Também disse que é aluno da Escola José do Patrocínio, em Fazendinha, e mora com os avós. Foi a primeira prisão dele. “Eu queria comprar alguma coisa”, tentou justificar.

Já no caso de Samuel Ferreira foi a segunda prisão. A primeira foi por desacato.

Compartilhamentos