Compartilhamentos

 

VALDO SALES

Fieis do Bairro do Laguinho, área central de Macapá, participaram nesta sexta-feira, 25, da Via Sacra, encenação que relembra os  últimos  passos  de Jesus Cristo antes da crucificação e morte. 

Católicos frequentadores da Igreja São Benedito saíram em procissão pelas ruas e avenidas rezando e entoando hinos. Na frente das casas das famílias escolhidas para o cumprimento das estações, ocorreram as encenações mais marcantes do martírio de Cristo.

“É um dos momentos mais importantes da programação da Semana Santa, é quando vivenciamos o sofrimento de Jesus Cristo e devemos refletir sobre a vida. Vivemos em um mundo cheio de violência, impunidade e indiferenças, por isso, nós pecadores, devemos rezar pedindo a Deus que interceda por todos”, comentou a moradora Maria de Jesus Martins, que acompanhou tudo com atenção.

As cenas do sofrimento de Cristo foram representadas por pessoas que frequentam a Igreja São Benedito. 

No momento da Via Sacra, o trânsito estava tranquilo. A Guarda Civil acompanhou o itinerário da procissão. 

Encenação contou com pouco recursos, mas com muito empenho. Fotos: Valdo Sales

Encenação contou com pouco recursos, mas com muito empenho. Fotos: Valdo Sales

Ainda na noite de sexta-feira, a comunidade do Laguinho assistiu a segunda edição do espetáculo o Alto da Paixão, o evento promovido pela Companhia de Teatro Arte Sacra Amapá,  na Praça Chico Noé.

Este ano, a estrutura do palco foi reduzida por conta dos poucos recursos adquiridos para a compra de material e pagamento dos cachês artísticos.

“Apesar dos escassos recursos adquiridos para investir no espetáculo, conseguimos com muito esforço, apoios do governo e prefeitura para realizar a programação religiosa”, disse Márcio Aires, organizador do espetáculo.

O Alto da Paixão teve a duração de uma hora e contou com a participação de cinquenta atores e atrizes entre crianças, jovens e adultos.

Compartilhamentos