Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Em Macapá também haverá protestos a favor do impeachment da presidente Dilma Roussef no próximo domingo, 13. A organização é do Movimento Brasil Livre. Representantes do grupo estão nas esquinas da capital panfletando e tentando mobilizar a sociedade para a manifestação que será concentrada no complexo Beira-Rio.  

O movimento surgiu no fim de 2014 em todo o país e foi para as ruas em 2015. Os coordenadores garantem que não há partidos políticos envolvidosNo Amapá, ele é coordenado por Rafael Pimentel.

Manifestantes estão adesivando os carros. Fotos: divulgação

Manifestantes estão adesivando os carros. Foto: Divulgação

O coordenador conta que entre as principais acusações que pesam contra a presidente estão as pedaladas fiscais, que resultaram na rejeição das contas do último ano do primeiro mandato de Dilma, em 2014, além dos escândalos envolvendo a Petrobrás.

“No ato de domingo nós iremos apresentar os pontos jurídicos do impeachment e as principais razões que nos faz querer a saída dela. Não aguentamos mais tantos escândalos”, criticou o coordenador.

Além dos panfletos e faixas, mobilização ocorre nas redes sociais

Além dos panfletos e faixas, mobilização ocorre nas redes sociais

Essa será a quarta manifestação organizada pelo movimento. A primeira aconteceu em março do ano passado. A divulgação está sendo feita nas ruas com distribuição de panfletos e adesivos para carros com a frase “esse impeachment é meu!”. O convite também está sendo espalhado nas redes sociais.

O ato está marcado para começar às 15 horas na Avenida Coaracy Nunes, no complexo Beira-Rio.

Compartilhamentos