Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A família do cantor e compositor Agnaldo Santos, o Macunaíma, morto no último domingo (28) em virtude de um câncer, confirmou a chegada do corpo do artista para as 13h15min desta terça-feria, 1º. Uma programação foi elaborada para render homenagens ao intérprete da Universidade do Samba Boêmios do Laguinho.

Uma programação foi elaborada para homenagear o artista. Fotos: Boêmios do Laguinho

Uma programação foi elaborada para homenagear o artista. Fotos: Márcia do Carmo

Depois do desembarque no Aeroporto Internacional Alberto Alcolumbre, um cortejo seguirá com o corpo de Macunaína até a Maloca da Tia Chiquinha, no Curiaú, onde haverá uma celebração eucarística marcada para às 16h. Depois do ato, o cortejo seguirá para a sede da Boêmios, no Bairro do Laguinho, onde será velado.

Macunaíma, de 40 anos, estava internado em Fortaleza desde o dia 7 de janeiro em tratamento contra um câncer no esôfago. Ele faleceu ao lado da esposa na UTI do hospital. 

O sepultamento está marcado para esta quarta-feira, 2, às 10h, no cemitério São José, no Bairro do Buritizal, Zona Sul de Macapá, onde também haverá homenagens.

Compartilhamentos