Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Policiais do 2º Batalhão da Polícia Militar do Amapá prenderam 3 acusados de participação em um latrocínio ocorrido no Bairro Marabaixo 3, no último domingo, 28. A vítima morreu porque se negou a entregar o celular.

Por volta das 22h, uma equipe do 2º BPM avistou um Fiat Siena com placas de táxi e decidiu seguir o veículo até o conjunto Macapaba onde foi abordado.

Segundo a PM, o veículo era dirigido por Jeomaquino do Carmo Costa de Souza, de 35 anos. Dentro do carro estavam Brendo Lopes Cardoso, de 19 anos, e dois menores de 15 e 17 anos conhecidos como Breno e Xande, respectivamente. Todos são moradores do Marabaixo.

Com exceção de Jeomaquino, os três são acusados de matar Ivan Silva Pimentel, de 25 anos, durante o roubo do celular. A vítima foi morta a pauladas. Mas o motorista foi preso acusado de dar fuga aos acusados.

Os menores foram levados para a Delegacia de Investigação de Atos Infracionais (Deiai) onde foram reconhecidos por testemunhas.  Brendo, de 19 anos, será transferido para o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

Compartilhamentos