Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Militantes do PT e representantes de sindicatos fizeram um ato na tarde desta sexta-feira, 18, para defender a permanência da presidente Dilma Rousseff no poder. A concentração ocorreu em frente ao Teatro das Bacabeiras, e uma passeata com cerca de 200 manifestantes seguiu pela Rua Cândido Mendes, no Centro Comercial de Macapá. 

O presidente estadual do partido, o ex-deputado Joel Banha, disse que o ato é a favor da democracia e contra um suposto golpe. 

Presidente do PT, Joel Banha: participação de sindicatos

Presidente do PT, Joel Banha: participação de sindicatos. Fotos: André Silva

“Além do PT, existem movimentos da sociedade aqui como movimento estudantil e o Sindicato dos Rodoviários.  Nós queremos que a presidente cumpra com seu mandado por completo.  Sabemos que oposição não aceitou a última derrota nas urnas e quer tirar o poder na força”, acusou ele.   

Estudantes e trabalhadores também participaram do movimento e na maior parte do tempo gritavam “não vai ter  golpe!”. A passeata seguiu pacífica até a Beira-Rio. 

O estudante de Relações Internacionais na Unifap, Diego Alves, disse que apoia a manutenção da democracia e do estado de direito. Veja o vídeo.

Compartilhamentos