Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira, 2, mandados de busca e apreensão em residências de vários bairros de Macapá. Ainda não há informações sobre a natureza da operação, mas informações ainda não oficiais fazem relação com uma mineradora. Uma das casas vasculhadas pertence ao empresário Jean Alex Nunes, ex-presidente da Junta Comercial do Amapá entre os anos de 2011 e 2014.

A residência, no Bairro Jardim Equatorial, foi vasculhada por policiais federais por volta das 6h. Depois de duas horas, os policiais saíram levando documentos e HDs de computadores. O mandado foi cumprido na presença do advogado do empresário que não estava na residência.

“Estamos acompanhando. É um inquérito onde ele (Jean Alex) figura no polo passivo. Ele não está em Macapá, está viajando a negócios.  Não tem nada de condução coercitiva, apenas mandado busca e apreensão. O que eles encontraram de material que eles acham que pode ser usado nas investigações foi levado”, comentou o advogado do empresário, George Tork.

“Meu cliente está muito tranquilo porque nunca cometeu nenhum delito. É de boa família, boa índole. Pelo que sei, nada tem a ver com a época em que ele era presidente da Jucap”, acrescentou.

Equipes da Polícia Federal também estiveram uma residência em um loteamento ao lado do Conjunto Caralzinho que pertenceria a um deputado.

Compartilhamentos