Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Cinquenta e três servidores que passaram por todas as etapas da transposição agora são funcionários federais. Os nomes foram divulgados nesta quarta-feira, 9, numa portaria do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Um deles já está aposentado. (Veja a relação no link abaixo.) 

http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=04/03/2016&jornal=2&pagina=53&totalArquivos=76

A primeira transferência já causará um impacto na folha de pagamento de março em R$ 144,6 mil.

“A portaria significa que foi dado o ato de publicidade, agora só falta concluir a inclusão para que no mês de abril eles já recebam pelo governo federal”, explica o secretário de Administração de Macapá, Carlos Michel Miranda.

“O processo para inclusão desses servidores para o Sistema Integrado de Administração de Pessoal (Siape) levará no máximo 60 dias. Nós já tivemos um reunião há duas semanas com o pessoal do ministério aqui em Macapá e já adiantamos 80% das informações que eles estão pedindo sobre esses servidores”, acrescentou. 

Outros 520 servidores aguardam a conclusão de seus processos de transposição e serão notificados pelos Correios quando chegar o momento. Mas alguns ainda têm dúvidas sobre se haverá ou não vantagens na transferência. Por isso alguns ainda poderão resistir. 

“Meu salário aumentou, terei um plano de saúde e no futuro uma aposentadoria melhor”, comemorou Marisa Barreto, funcionária da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast) e está na primeira portaria da transposição.

Quando tudo estiver concluído, a folha de pagamento da prefeitura de Macapá será aliviada em mais de R$ 2,1 milhões.

Compartilhamentos