Compartilhamentos

SELES NAFES

 

O carnavalesco e produtor cultural Disney Silva não é mais o secretário de Cultura do Amapá. Depois de 1 ano e 3 meses ele foi exonerado pelo governador Waldez Góes (PDT) que nomeou para o cargo interinamente o subcontrolador-geral do Estado, Carlos Matias. A mudança marca o início do processo de fusão das secretarias de Cultura e Desporto.

A mudança ocorreu nesta sexta-feira, 8, mas a portaria de nomeação de Matias só deverá ser publicada nesta segunda-feira, 11. Com a troca, o PMDB sai da Secretaria de Cultura já que Disney Silva era uma indicação do ex-senador Gilvam Borges.

Matias será responsável pelo processo de transição. A missão é sanear a Secult liquidando dívidas e prepará-la para a extinção.

Carlos Matias deverá assumir o comando da Secult na segunda-feira, 11

Carlos Matias deverá assumir o comando da Secult na segunda-feira, 11. Foto: Blog Santana do Amapá

Ainda não há previsão de quando o projeto de lei que será enviado para a Assembleia Legislativa ficará pronto, mas técnicos do governo já iniciaram os estudos para fundir a Secult e a Sedel criando uma nova secretaria que aglutine as duas pastas, cultura e esporte num único espaço e sob o mesmo comando.

A estimativa é de que a fusão represente economia em aluguel de prédios, combustível, veículos, cargos comissionados e contratos, já que as duas pastas funcionarão num mesmo espaço. `

O governo diz que as políticas de estímulo à cultura e esporte não serão afetadas.

“A racionalização da máquina pública foi um compromisso de campanha que ficou ainda mais necessário diante dessa crise”, resume o chefe de Gabinete do GEA, Marcelo Roza.

A equipe de governo também estuda a fusão de outros órgãos, mas os nomes ainda não foram anunciados.

Compartilhamentos