Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Dois homens foram presos na tarde deste sábado, 9, por furto e receptação. Um deles estava com uma picape carregada de trilhos furtados da Estrada de Ferro do Amapá, empresa ainda controlada pela Zamim Ferrous.

O flagrante ocorreu atrás de uma igreja na Rodovia AP-440. Raimundo Miranda Cavalcante, de 36 anos, tinha sete pedaços grandes de ferro em uma Courier, além de maçarico, botijão de gás e outros materiais usados para cortá-los.

Outros pedaços foram encontrados na casa do morador. Fotos: Olho de Boto

Outros pedaços foram encontrados na casa do morador. Fotos: Olho de Boto

O acusado confessou que tinha comprado os trilhos de um morador e levou os policiais do 2º Batalhão e do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) até a residência de Marielson Braga Ferreira, de 23 anos, onde foram encontrados mais 22 pedaços.

Segundo ele, o material estava abandonado havia 3 anos ao lado da linha férrea. Cada um tinha 2 metros de comprimento. Marielson estava vendendo cada pedaço por R$ 150 e Raimundo iria revender por R$ 450 a unidade. Ou seja, os 29 pedaços apreendidos valem no mínimo R$ 13 mil.

Os policiais entraram em contato com a Zamim.

Acusados foram apresentados pelo BPRE no Ciosp do Pacoval

Acusados foram apresentados pelo BPRE no Ciosp do Pacoval

“A empresa confirmou não ter feito doações. O material teria sobrado após trabalhos de substituição, mas continuavam sendo propriedade da empresa. Então foi furto”, comentou o sargento John Franco, do 2º BPM.

Os dois foram apresentados em flagrante no Ciosp do Pacoval por furto e receptação.

Compartilhamentos