Compartilhamentos

FERNANDO SANTOS, DE SANTANA

O problema de ruas esburacadas no segundo maior município do Amapá já é bem antigo e recorrente, mas se agravou nos últimos meses. Além dos motoristas, ciclistas e pedestres também encontram dificuldades.

“Outro dia eu tive de trocar a barra estabilizadora do meu carro. O mecânico disse que o problema surgiu por causa dos choques nos buracos. Essa peça poderia durar mais tempo, mas infelizmente nossas ruas estão intrafegáveis”, lamenta o eletricista José Rubelino Beleza.

Bairro Paraíso tem ruas e travessas neste estado. Fotos: Fernando Santos

Bairro Paraíso tem ruas e travessas neste estado. Fotos: Fernando Santos

Um dos bairros afetados pela falta de manutenção das ruas é o Provedor I. Na travessa José Deolindo da Silva os buracos cheios de lama tomaram conta da via. O comerciante Raimundo Rufino pensa em desistir do negócio. Ele afirma que a clientela reclama da buraqueira e já contabiliza prejuízos.

“Quando chove fica pior, ninguém quer chegar aqui no comércio por causa da lama. Nós já fizemos manifestação aqui, mas a prefeitura não toma providência”, afirma o comerciante.

Os problemas de mobilidade urbana não se limitam apenas às travessas. Ruas e avenidas da cidade também estão em condições precárias. No fim da Rua Salvador Diniz, a buraqueira é tanta que os carros encostam com para-choques na sobra de asfalto existente. Uma cratera se formou deixando o trecho prejudicado.

Lama e mato isolam moradores

Lama e mato isolam moradores

Na Avenida 7 de setembro, no Bairro do Paraíso, a buraqueira e mato alto tomam conta da passagem. Os moradores se sentem isolados.

“Estamos realizando A operação tapa buraco num quadrante do Centro da cidade. Nós passamos pela Avenida Santana, esquina com Adálvaro Cavalcante, Salvador Diniz esquina com Avenida Santana e fizemos também a Avenida Rio Branco. Vamos avançar para Avenida Dom Pedro na semana que vem”, informa Anselmo Brandão, secretário de Desenvolvimento Urbano de Santana.

Prefeitura e governo realizam obras de mobilidade, mas o estrago é grande

Prefeitura e governo realizam obras de mobilidade, mas o estrago é grande

Paralelo à prefeitura de Santana, o Governo do Estado está realizando obras de mobilidade urbana nos bairros Paraíso e Fonte Nova. Já foram pavimentadas, incluindo drenagem e calçamento, as ruas Everaldo Vasconcelos e as Avenidas Princesa Isabel, 7 de setembro e Castelo Branco. No total, serão pavimentados 23 quilômetros

Compartilhamentos