Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

O departamento de meteorologia do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (Iepa) alerta para os acumulados de chuvas fortes em todo o estado nos próximos dias, principalmente na capital. São chuvas como a ocorrida ontem à noite, 21, que interrompeu a partida entre o Santos-AP, o Peixe da Amazônia, e o xará da Vila Belmiro pela primeira fase da Copa do Brasil. Mas, por que está chovendo tanto?

Jeferson Vilhena: chuvas com fortes ventanias

Jeferson Vilhena: chuvas com fortes ventanias seguem até maio

Segundo o meteorologista do Iepa, Jefferson Vilhena, estamos em um dos meses que ocorrem os picos de chuvas na Amazônia, que compreende os meses de fevereiro, março, abril e maio. A previsão é de mais chuva pela frente, tanto fracas como moderadas e fortes

“A nossa região é favorecida para que ocorram essas chuvas. A Amazônia possui geografia, localização, relevo e rios propícios para ter bastante chuva. A estimativa da climatologia é chuva forte com rajadas de ventos que podem chegar aos 30 km por hora”, explicou o Jeferson.

De acordo com a meteorologia na região amazônica, as plantas emitem sais de potássio que formam as nuvens, as quais abrigam as partículas aerossóis responsáveis por causar chuva, isso sem contar a enorme quantidade de água dos rios e lagos que evaporam e formam nuvens. O resultado é que as chuvas na Amazônica estão mais ligadas à floresta do que se imaginava.

Ciclista se aventura pela Avenida Cora de Carvalho

Ciclista se aventura pela Avenida Cora de Carvalho

O meteorologista explicou ainda que o clima está propício para a formação de tornados, como o que ocorreu no ano passado na Zona Norte e destelhou mais de 15 casas nos bairros Ipê, Jardim Felicidade e Novo Horizonte.

“Existe essa possibilidade de tornados por causa dos aglomerados investidos de nuvem e ventos fortes. É um risco eminente até o fim desse período chuvoso”, alertou.

Um motorista filmou na tarde desta quinta-feira, como a Avenida Ivaldo Veras, em frente à Cidade do Samba, ficou depois da chuva torrencial que caiu a tarde e se repetiu à noite. 

Bom, a notícia é de chuva até o fim de maio, e no fim de semana o céu será nublado. Há previsão de chuvas de intensidade moderada a fortes acumulados de água, variando entre 20 e 50 mm. A temperatura deve oscilar entre 24º C e 30º C .

Compartilhamentos