Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Começou nesta segunda-feira, 18, um mutirão do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE) para regularizar eleitores. O prazo encerra no dia 4 de maio e não haverá novos prazos.  

O mutirão conta com o suporte de funcionários das 2ª e 10ª zonas eleitorais, e foi criado depois que na semana passada houve aumento na procura de eleitores atrás de inscrição e regularização.

“Vinte e quatro pontos de atendimento dentro da Casa da Cidadania estarão à disposição da comunidade”, avisa o diretor geral do TRE, Veridiano Colares.

Em março, mais de 2 mil jovens procuraram o a Casa da Cidadania para requerer  o primeiro título eleitoral.

Veridiano Colares, diretor geral do TRE-AP: estrutura de atendimento

Veridiano Colares, diretor geral do TRE-AP: estrutura de atendimento. Fotos: Elton Tavares

Além do alistamento, os outros serviços incluem transferência de domicílio e requisição de seção especial, em casos de eleitores com deficiência física que tenham dificuldade de acessar seus atuais locais de votação. 

Na Casa da Cidadania do TRE funciona na Avenida Mendonça Júnior ao lado do Estádio Glicério Marques, pela manhã e tarde.

Compartilhamentos