Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A prefeitura de Macapá e o Sindicato dos Servidores em Educação no Amapá (Sinsepeap) fecharam acordo nesta terça-feira, 3, colocando fim à greve dos professores. Uma das principais reivindicações, a efetivação de um aumento concedido em 2011, foi atendida.

O acordo foi assinado entre o secretário de Administração, Carlos Michel Miranda, e o vice-presidente da Executiva Municipal do Sinsepeap, Ailton Costa.

Em 2011, o então prefeito Roberto Góes (PDT) concedeu 5% de aumento, mas não publicou a portaria de enquadramento, o que regularizaria o reajuste salarial.

O prefeito Clécio Luis (Rede) precisou enviar um projeto de lei específico para a Câmara de Vereadores que aprovou o texto na semana passada. A lei foi publicada na última sexta-feira, 28.

Com a publicação e o fechamento do acordo, os professores voltarão às salas de aula nesta quarta-feira, 4.

A prefeitura vai abonar os dias parados, mas os professores terão que compensar as aulas não ministradas.

Compartilhamentos