Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Dois criminosos vestidos como estudantes invadiram uma escola técnica particular no Bairro Jardim Equatorial, Zona Sul de Macapá, no início da tarde desta quinta-feira, 5, para executar um assalto. Eles acabaram presos pela Polícia Militar.

Bruno Carvalho Moreira, de 21 anos, e Eleomar Chermont Baía, da mesma idade, estavam armados com revólveres. Eles usavam até os uniformes da Escola Madre Tereza para enganar a segurança da instituição que trabalha com cursos técnicos profissionalizantes.

Criminosos entraram sem problemas na escola. Fotos: Olho de Boto

Criminosos entraram sem problemas na escola. Fotos: Olho de Boto

O asssalto ocorreu por volta das 12h20min. Disfarçados de alunos, os acusados entraram normalmente na escola e ficaram circulando pelo interior do colégio. Na hora do almoço, quando todos os alunos já haviam saído, eles sacaram as armas e anunciaram o assalto.

“Pegaram todos de surpresa. Estavam armados e começaram a coagir todo mundo”, comentou o diretor da escola, Felipe Borges.

A dupla só não imaginava que um policial que estava local já tinha percebido a atitude suspeita deles e tinha avisado viaturas de área do 1º Batalhão da PM, responsável pelo policiamento da Zona Sul.

As armas apreendidas com os criminosos

As armas apreendidas com os criminosos

Policial conduz a moto que seria usada na fuga

Policial conduz a moto que seria usada na fuga

Equipes de Policiamento Escolar do 1º BPM e do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) chegaram rapidamente ao local e entraram na escola. Eles encontraram os dois acusados durante assalto e estavam com seis reféns.

“Eles estavam calmos. Queriam o dinheiro, mas como não tinha o valor que eles estavam procurando eles deixaram de lado, foi quando a polícia chegou”, acrescentou o diretor.

Depois de alguns minutos os criminosos se entregaram e libertaram os reféns. Nenhum dos dois possui passagem pela polícia.  A PM apreendeu as armas e uma moto que seria usada para fugir.  

Compartilhamentos