Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

O Corpo de Bombeiros do Amapá (CBM-AP) decidiu intensificar o treinamento para salvar vítimas de acidentes de trânsito. O Curso de Salvamento Veicular está em sua segunda edição, e acontece no Estádio Glicério Marques, no Centro de Macapá.

Curso salvamento veicular

Curso de Salvamento Veicular está na segunda ediçāo. Fotos: André Silva

Os 23 bombeiros militares que participam do curso executam os treinamentos como se estivessem em uma situação real. Várias carcaças de carros foram usadas para as atividades práticas. Elas foram colocadas de forma que simulassem acidentes. Oito instrutores do Amapá foram preparados em outro estado e capacitados para dar esse treinamento.

Instrutor

Tenente Huerllen Felix, instrutor: precisávamos aprimorar nossas habilidades nesse tipo de salvamento

“Precisávamos aprimorar nossas habilidades nesse tipo de salvamento. Após a formação desses instrutores nós montamos o curso e essa é a segunda turma. Com a conclusão das atividades, eles estarão preparados para realizar salvamento em vários tipos de situação”, explica o tenente Huerllen Félix.

Curso simula situações reais

Curso simula situações reais

De acordo com os dados mais recentes do ‘Observatório do Trânsito’, em 2014 o Amapá teve 115 mortes no trânsito, desses, 48% eram motociclistas. Em segundo lugar aparecem os pedestres, com 36%.

Entre 2007 e 2010, o número de acidentes nas rodovias federais do Amapá cresceu 8%, passando de 150 para 162 acidentes. O curso de salvamento encerra nesta sexta-feira, 6. 

Na quarta-feira, 4, foi o primeiro dia da campanha ‘Maio Amarelo’, um movimento internacional de mobilização e conscientização para a redução de acidentes de trânsito.

Compartilhamentos