Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Foi tímida a participação de fiéis na missa de Corpus Christi na manhã desta quinta-feira, 26, na Catedral de São José de Macapá, no Centro. Este ano a solenidade, que celebra o mistério da eucaristia pelo corpo e sangue de Cristo, não teve a tradicional procissão devido ao Congresso Eucarístico.

A celebração de Corpus Christi significa para a comunidade católica o dia da instituição do sacramento da Eucaristia, quando Jesus, ceando com os seus discípulos, pediu que celebrassem sua memória comendo o pão e bebendo o vinho que se transformaria simbolicamente em seu corpo e seu sangue.

Missa celebrada pelo bispo de Macapá, Dom Pedro Conti

Missa celebrada pelo bispo de Macapá, Dom Pedro Conti

“Essa é a festa da comunhão. Esse é um momento para festejar não só a comida, mas comemorar a fraternidade, união e a paz. É um momento de compartilhar o pão, mas também a Palavra de Deus que é a fonte de vida e amor”, disse o bispo da Diocese de Macapá, Dom Pedro Conti.

Para os católicos que participaram da missa, o momento foi de celebração. A aposentada Dicélia Silva, de 62 anos, frequenta a solenidade todos os anos desde criança.

Dicélia, de 62 anos, não perde uma missa de Corpus Cristh

Dicélia, de 62 anos, não perde uma missa de Corpus Cristh

“Esta é a festa do corpo de Cristo. Estar aqui me traz uma paz enorme e uma vontade de celebrar a vida. Todos os anos participo da missa e hoje não poderia faltar. É um dia que lembramos a comunhão que Cristo nos ensinou”, comentou.

Missas ocorreram simultaneamente nas paróquias de São José, Nossa Senhora da Conceição, Sagrado Coração de Jesus, São Pedro, Nossa Senhora Aparecida, Nova e Eterna Aliança. Mais celebrações ocorrerão às 19 horas nas igrejas.

Dom Pedro Conti: comer o pão e celebrar a Palavra de Deus

Dom Pedro Conti: comer o pão e celebrar a Palavra de Deus

A festa de Corpus Christi será celebrada durante o Congresso Eucarístico de Macapá, no domingo, 29 de maio, às 7h, no Sambódromo. A Procissão do Corpo de Cristo sairá do Sambódromo até a Praça da Nossa Senhora da Conceição.

Compartilhamentos