Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O governo do Estado vai vender o navio Comandante Solon. Esta semana, o técnicos da Secretaria de Transportes do Amapá (Setrap) iniciaram a confecção do inventário da embarcação, ou seja, o levantamento de todas as características e equipamentos da embarcação.

O navio tem 64 metros de cumprimento por 12 metros de largura, com capacidade para 555 passageiros. Após a elaboração do inventário, a Setrap vai lançar o edital do leilão, o que deve ocorrer ainda no segundo semestre deste ano.

“Estamos trabalhando nesta etapa em parceria com a Secretaria de Estado da Administração, que é a instituição detentora do patrimônio público do Estado”, informou o secretário de Transportes, Jorge Amanajás.

O Comandante Solon, que tem mais de 30 anos, está ancorado no Rio Matapi desde o ano passado quando foi recuperado judicialmente pelo governo após 9 anos sendo explorado indevidamente por uma empresa em outra região do país.

Compartilhamentos