Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

O filho que tentou matar o pai de 88 anos com uma facada no pescoço foi submetido a exame de corpo de delito e continua preso à espera da audiência de custódia, o que deve ocorrer nesta sexta-feira, 20, no Fórum de Macapá. Em entrevista a site SELESNAFES.COM, enquanto era levado para a Polícia Técnica do Amapá (Politec), o filho agressor tentou justificar a tentativa de homicídio afirmando que era ‘magoado’ com o pai.

O Raimndo Vieira dos Santos, de 58 anos, disse que tem duas hérnias de disco, e, mesmo assim, o pai o estava obrigando a trabalhar.

“Ele era ruim pra mim. Ele colocava eu pra trabalhar doente. Minha mãe brigava com ele para eu não trabalhar, mas ele continuava me obrigando”, disse. Segundo a polícia, essa queixa seria sobre fatos recentes na relação dele com o pai. Apesar da idade, Raimundo ainda morava com o pai e a mãe.

Casa onde o crime ocorreu no Bairro Marabaixo. Foto: PM/Divulgação

Casa onde o crime ocorreu no Bairro Marabaixo. Foto: PM/Divulgação

Nesta quinta-feira, 19, ele foi preso no Bairro Marabaixo III, na Zona Oeste de Macapá, depois de golpear o pai, Valdemiro de Almeida, de 88 anos, com uma facada no pescoço. 

Depois de perder muito sangue, a vítima foi socorrida e passou por cirurgia no Hospital de Emergência de Macapá, e nesta sexta-feira, 20, os médicos devem fazer uma nova avaliação do estado de saúde dele que é considerado grave, especialmente por causa da idade avançada e as sequelas da hemorragia.

Raimundo garantiu que não estava alcoolizado quando agrediu o pai. Na delegacia surgiu a informação de que ele também é suspeito de matar uma garimpeiro na Guiana Francesa, mas ele nega a acusação.

Compartilhamentos