Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O deputado estadual Pedro Da Lua (PSC) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amapá nesta quarta-feira, 18, para agradecer a vitória no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

 “Quero agradecer aqui hoje, principalmente a Deus e a Jesus, pela vitória obtida. Tenho certeza que tudo isso foi conduzido de forma divina”, disse o deputado referindo-se à votação unânime que lhe absolveu no processo que queria a cassação do mandato.

A primeira suplente do deputado, Janete Tavares, reivindicava a vaga acusando o parlamentar de infidelidade partidária. No ano passado, no auge da crise com Moisés Souza, então presidente do partido, Da Lua migrou para o PMB, mas com a troca de comando no PSC ele foi reconduzido ao partido.  

Na última segunda-feira, 16, o Tribunal Regional Eleitoral reconheceu por unanimidade o direito de Pedro Da Lua continuar no mandato.

Na sessão desta quarta-feira, Da Lua agradeceu ao presidente da Casa, Kaká Barbosa (PT do B), pela condução do processo movida na Alap pela suplente. Segundo ele, a condução foi feita sem pressa, mas também sem lentidão.

 

Compartilhamentos