Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Considerada essencial na estratégia para atrair empresas e gerar empregos, a Expofeira, que estava ameaçada este ano, acaba de receber uma injeção de ânimo. Pela primeira vez o evento terá recursos federais. Serão R$ 2 milhões do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O convênio já assinado. A verba é exclusiva para o fomento à pecuária e agricultura em exposições.

“O restante dos recursos poderá sair da iniciativa privada, já que os shows deverão ser terceirizados como já ocorre com o parque de diversões”, explica o deputado federal Vinícius Gurgel (PR), principal articulador do convênio.
Mas a ideia, explica o deputado, é conseguir mais recursos em outros ministérios, como os da Indústria e Turismo, o que permitirá ao governo do Estado um investimento mínimo na realização do evento.

Vinícius Gurgel: verba específica para eventos de fomento à pecuária e agricultura. Foto: Divulgação

Vinícius Gurgel: verba específica para eventos de fomento à pecuária e agricultura. Foto: Divulgação

“É uma verba que chega num momento importante e que vai ajudar o Governo do Estado a investir neste setores tão essenciais da economia do Amapá. Nossa articulação em Brasília, mostrando a importância da feira para a economia amapaense, foi fundamental para que o recurso fosse assegurado”, comentou o parlamentar.

Esta será a 52ª edição da Expofeira, inicialmente marcada para setembro. No ano passado, o evento teve mais de 1,5 milhão de visitantes, além de marcar o início da instalação de novas empresas, entre elas uma fábrica de ração que está se instalando no Distrito Industrial e que vai gerar 200 empregos diretos durante a operação.

Pecuária e outras atividades foram incentivadas durante o evento

Pecuária e outras atividades foram incentivadas durante o evento. Foto: Arquivo

O superintendente federal da Agricultura no Amapá -SFA-AP/MAPA/AP, Adailton de Jesus, e a secretária de Estado do Trabalho e Empreendedorismo, Marciane Santo acompanharam a assinatura do convênio em Brasília.

Compartilhamentos