Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O Grupo Tático Aéreo (GTA) da Polícia Civil do Amapá entrou nas buscas ao engenheiro Sérgio Almeida, de 41 anos, desaparecido desde o último domingo, 1º. Nesta terça-feira, 3, o helicóptero fez sobrevoos na área por onde passou o celular do engenheiro.

A Polícia Civil rastreou o aparelho e descobriu que ele foi conduzido por vários bairros da Zona Norte. Sobrevoos foram feitos durante boa parte do dia, mas sem sucesso.

“O helicóptero ainda não decolou hoje pela manhã por causa da chuva”, comentou nesta quarta-feira, 4, um parente do engenheiro.

A direção do Instituto de Meio Ambiente e Ordenamento Territorial (Imap), onde o engenheiro trabalhava, liberou todos os funcionários que quiserem ajudar nas buscas em terra. Toda a família e amigos estão fazendo um verdadeiro pente fino em áreas de mata, além de bater de porta em porta atrás de informações que levem a Sérgio Almeida.

“Já reviramos tudo”, disse o familiar.

A Polícia Técnica ainda não divulgou o resultado do exame de DNA feito com o sangue encontrado dentro do Voyage preto que pertence ao engenheiro. O carro foi encontrado na tarde da última segunda-feira, 2, em uma área de invasão no Loteamento Sol Nascente, na Zona Norte.

Compartilhamentos