Compartilhamentos

SELES NAFES

O deputado Augusto Aguiar (PMDB) passou os últimos dias tentando conseguir apoio para inscrever uma candidatura própria capaz de disputar a eleição desta terça-feira, 31, para a presidência da mesa diretora da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap). Por enquanto, apenas uma candidatura está registrada, a do atual presidente Kaká Barbosa (PT do B).

A eleição é para a única vaga aberta na mesa diretora que é o cargo de presidente, em função da destituição de Moisés Souza (PSC) afastado por gestão temerária. 

Deputado Augusto Aguiar tenta reunir votos

Deputado Augusto Aguiar tenta reunir votos. Foto: Arquivo

Nos bastidores, comenta-se que Kaká já teria ao menos 18 votos. Até a noite desta segunda-feira, 30, Aguiar teria reunido somente três parlamentares insatisfeitos com a gestão de Kaká. 

A atual mesa diretora é formada pelo presidente interino Kaká Barbosa, 1ª vice-presidente Roseli Matos (DEM), 1ª secretária Luciana Gurgel (PMB), 2ª secretária Edna Auzier (Pros), 3º secretário Charles Marques (PSDC), e 4º secretário Pastor Oliveira (PRB). A chapa corresponde ao período 2017/2019 e foi eleita antecipadamente no ano passado. 

Até às 8h30min, os deputados do grupo de Kaká estavam em uma reunião na residência do deputado Jaci Amanajás (Pros). A movimentação nos corredores da Alap é intensa. A eleição deve começar às 10h.

Compartilhamentos