Compartilhamentos

FERNANDO SANTOS, DE SANTANA

Moradores da Travessa José Deolindo da Silva, no Bairro Nova Brasília II, em Santana, resolveram impedir o tráfego de veículos com galhos de árvores.

“Não estou vendendo nada. O pessoal não quer chegar mais ao meu comércio por causa da lama”, reclamou o comerciante Raimundo Rufino.

Os buracos tomam conta de um lado a outro da via, alguns já são chamados de lagoas e crateras.

Com os galhos de árvores, móveis velhos, além de outros entulhos no meio da rua, a passagem de veículos ficou completamente impedida.

Acesso foi fechado com galhos de árvores e móveis velhos. Fotos: Fernando Santos

Acesso foi fechado com galhos de árvores e móveis velhos. Fotos: Fernando Santos

“Estamos cansados de esperar providências, por isso resolvemos fechar a rua”, protestou o vigilante Itamar Guedes, que chama a atenção também do Ministério Público e dos vereadores de Santana.

“O Ministério Público, os vereadores e as demais autoridades precisam fazer alguma coisa. Estamos esquecidos”,  concluiu.

Os moradores ameaçam fechar a Avenida Salvador Diniz, que faz esquina com a José Deolindo da Silva, caso a Prefeitura não faça nada para resolver o problema.

Compartilhamentos